quinta-feira, fevereiro 02, 2012


Salto Alto


Somos assumidamente APAIXONADAS por sapatos (pelo menos eu sim!)
Ainda mais se for aquele #BaFônIcOoOOo Lindo, que faz vc se sentir toda Poderosa! Wow, sem comentários neh.
Resolvi fazer um post completo sobre salto alto, com dúvidas, dicas e tudo mais.
Boa Leitura!


Falar de salto alto é coisa séria, não envolve somente a beleza. Não podemos deixar de citar outros assuntos sobre essa paixão feminina:

Como andar de Salto Alto?
1. Comece com saltos baixos (entre 5 a 7 cm). Pratique em casa e com o tempo vá utilizando saltos maiores (entre 7 e 10 cm).
2. Ao andar com sapatos de salto alto você deve ter conhecimento do tipo de superfície sobre a qual pisa.
3. É mais fácil andar com saltos de base mais larga, ou seja, mais Salto alto grossos
4. Não use sapatos ou sandálias de salto alto todos os dias. Dê aos seus pés um período de descanso e recuperação.
5. Para evitar acidentes, você pode dirigir usando um calçado baixo e fazer a troca pelos seus saltos quando chegar ao destino. 

Assista ao Vídeo:




Tipos de Saltos




5 dicas para proteger os pés, mesmo usando salto alto


  1. Adquira o salto alto mais adequado ao seu pé. Por mais bonito que um sapato possa ser, não o use se ele faz o seu pé ficar deslizando ou se sobra espaço no calcanhar. Sapatos desajustados fazem os pés irem muito pra frente, causando mais pressão e dor. Procure por sapatos cômodos e não apertados, para evitar problemas.
  2. Existem diversos tipos de palmilhas disponíveis no mercado, tanto para proteger a sola do pé quanto o calcanhar. Elas absorvem o impacto enquanto você caminha, e funcionam como substitutas da gordura que seu pé perdeu.
  3. Use saltos mais grossos, para ter mais estabilidade. Um salto grosso, além de fornecer um melhor equilíbrio, distribui o peso uniformemente sobre o pé, aliviando algumas pressões. E alternar saltos de diferentes de alturas pode diminuir problemas nos tendões.
  4. Preste atenção a inclinação do salto. Enquanto alguns deixarão o pé totalmente reto, outros podem o deixar bastante inclinado. Dê preferência aos que apresentam apenas uma leve inclinação gradual, que são mais confortáveis para os arcos do pé.
  5. Use sapatos abertos nos dedos para aliviar a pressão sobre os calos e bolhas. Se possível, procure um podologista para que ele possa tratar corretamente os seus pés.



Na hora de tirá-los, invista em massagens

Evite ficar por muito tempo com o salto. Fazer massagens tipo crânio sacral ou de relaxamento da musculatura com óleos essenciais de gengibre ou lavanda. Ou banhos com água morna para aliviar o desconforto.Caso tenha ocorrido algum ferimento, use algum procedimento cicatrizante. 

Os calos e joanetes
Os calos são uma proteção da pele, a qual fica espessa quando está sendo submetida à pressão ou fricção constante. O problema surge na parte do pé sobrecarregada por uma distribuição desequilibrada do peso corporal. Para evitá-los, evite calçados frouxos: eles obrigam os seus dedos a ficarem em garra para segurar o calçado e aumentar o atrito sobre os dedos. Para tratá-los, vale o acompanhamento de um profissional. 

Já os joanetes são comuns em mulheres que usam saltos, sapatos com bico fino e muito ajustados nos pés.A metatarsalgia (a dor que aparece na região frontal dos pés), com o uso constante do calçado, pode levar a formação de joanete na parte externa do ‘dedão’" . Nestes casos é necessário procurar um especialista.

Nunca use sandálias que provoquem o estufamento dessa articulação. Dê preferência às tiras mais largas, que fique sobre a articulação e não empurre o dedo para dentro.

Cuidados com as unhas
As unhas podem encravar com o uso do salto. Evite cortar os cantos das unhas arredondados. Ela deve ser cortada reta, de preferência tirar pouca ou nenhuma cutícula. Para fortelecer as unhas, algumas gotas de óleo de tea tree à noite pode ajudar.

Para evitar o chulé
O odor pode estar relacionado a uma hiperproliferação bacteriana. Para combater a sudorese com cheiro, a dermatologista recomenda produtos com cloridróxido de alumínio e anti-sépticos.

Escalda Pés

O Escalda Pés é um método relaxante que estimula a circulação sanguínea dos membros inferiores, e alivia o estresse e o cansaço acumulado.
A prática milenar pode ocorrer da forma mais básica de todas, como mergulhar os pés em uma bacia que leva apenas água quente e sal que é indicado para reduzir o inchaço, e até fazer uso de receitas mais elaboradas ou de aparelhos industriais com a mesma finalidade.
Com que frequência posso realizar a Massagem?
Com agendamento marcado, essa técnica pode ser aplicada todos os dias, de acordo com a necessidade da pessoa em sentir-se relaxada e tratar algum ponto específico de seu corpo.
Qual o tempo de duração?
Uma sessão de massagem terapêutica clássica dura em média 30 minutos.
Receita de Escalda pés:
Ingredientes· 1 litro de água
· 3 colheres (sopa) de folhas de hortelã
· 1 colher (sopa) de sais de banho
PreparoLeve a água ao fogo e, assim que começar a ferver, despeje o líquido nas ervas e deixe em infusão por cerca de 3 minutos. Acrescente os sais de banho e coloque tudo numa bacia funda. A temperatura deve estar mais para quente do que para morna. Mergulhe os pés por aproximadamente 20 minutos. Enxugue bem os pés e use um hidratante específico para essa região.





Valorize-se! Independente de que tipo de sapato usas, ou de que roupas vc prefere.
Não deixe que a futilidade preencha o espaço da sua humildade!
Coisas superficiais não podem ser trocadas pelo seu EU e pela sua essência!
Você é muito mais que aparências!
Viva com intensidade, ame com o coração, sonhe, lute com garra, e vença com ousadia!
E lembre-se Você nasceu para Brilhar!!!!




1 Comentários

1 comentários:

Indianara Rafaela Barros da Silva disse...

Oi flor, to seguindo seu blog, to amando ele e essa matéria sobre saltos foi mara :n
Dá uma olhada no meu pf;

indianararafaela.blogspot.com

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t